Parceiros responsáveis: Nasuvinsa + Baskegur

Descrição: A construção é actualmente responsável por 40% das emissões de gases com efeito de estufa. A construção sustentável é um compromisso no roteiro europeu para a descarbonização da economia.

A construção sustentável deve ser um compromisso nos países europeus, e mais especificamente no território SUDOE. A madeira é um elemento de construção que pode, nas suas diferentes utilizações, dar um contributo muito importante para esta construção sustentável.

O projecto Eguralt, no seu objectivo de promover a inovação para um crescimento inteligente e sustentável, visa promover esta construção sustentável. Do sector público de desenvolvimento, os parceiros responsáveis por esta experiência querem estudar as possibilidades de introduzir nos concursos que estão actualmente a ser realizados, parâmetros que permitam uma avaliação positiva dos materiais, elementos, soluções e outros que tornam as suas construções mais sustentáveis e menos poluentes ao longo da sua vida útil, e também nos seus processos de demolição.

Para o conseguir, um primeiro passo será a procura de boas práticas desenvolvidas em países tanto dentro como fora da área SUDOE relacionados com o processo de contratação. Numa segunda fase, analisaremos a sua aplicabilidade na elaboração de especificações técnicas para a promoção pública.

Desta forma, o objectivo é alcançar uma proposta de escala com:

  1.  Aspectos quantitativos, entre os quais podemos encontrar a origem da madeira a ser utilizada, a quantidade de madeira, etc.
  2. Aspectos qualitativos: nível de industrialização dos processos e sistemas, tecnologias utilizadas, etc.

Para levar a cabo esta experiência, temos peritos dos dois territórios responsáveis, Navarra e País Basco, incluindo IHOBE, VISESA, e arquitectos com vasta experiência na construção em madeira.